sexta-feira, 20 de junho de 2014

Epicuro e a receita da felicidade ou A atualidade dos filósofos gregos II

"Que ninguém hesite em se dedicar à filosofia enquanto jovem, nem se canse de fazê-lo depois de velho, porque ninguém jamais é demasiado jovem ou demasiado velho para alcançar a saúde do espírito. Quem afirma que a hora de dedicar-se à filosofia ainda não chegou, ou que ela já passou é como se dissesse que ainda não chegou ou que já passou a hora de ser feliz. Desse modo, a filosofia é útil tanto ao jovem quanto ao velho: para quem está envelhecendo sentir-se rejuvenescer através da grata recordação das coisas que já se foram, e para o jovem poder envelhecer sem sentir medo das coisas que estão por vir; é necessário, portanto, cuidar das coisas que trazem a felicidade, já que, estando esta presente, tudo temos, e, sem ela, tudo fazemos para alcançá-la".
Epicuro - Carta Meneceu

O post de hoje é, no mínimo, especial. Isso porque esta semana tive o prazer de assistir um documentário sobre Epicuro onde o autor, Alain de Botton, um filósofo e historiador suíço, sugere a receita da felicidade segundo o Filósofo do Jardim. Para minha surpresa, o tema central do filme foi a relação do epicurismo com o consumo. Exatamente o mesmo tema de minha primeira postagem, "a atualidade dos filósofos gregos - do consumismo, de março de 2012!


Epicuro e a Felicidade


domingo, 15 de junho de 2014

Sobre o complexo de vira latas: a percepção do brasileiro em relação ao seu país

“Mas a ambição (ignorância) do homem é tão grande que, para satisfazer uma vontade presente, não pensa no mal que daí a algum tempo pode resultar dela.”
―Nicolau Maquiavel

Já expomos  aqui, em outras postagens, algum material que versasse sobre a falta de ânimo do brasileiro em defender o  que é seu (em diversos aspectos)... Recentemente, estive lendo na internet  uma história que um amigo me contou sobre a banda de rock americana  Kiss ter copiado a ideia da maquiagem do grupo brasileiro Secos e Molhados. Acabei descobrindo que o mito existe e parece ter sido resolvido pela historiografia, o que não passou de um mal entendido... 
Em qualquer polêmica de internet, o mais curioso são os comentários dos leitores! Lembro que no calor da  argumentação, alguém chegou a dizer que Os Mutantes, Secos e molhados e Legião Urbana são bandas horríveis, que ocupam a lista de piores bandas nacionais de todos os tempos... Pera lá! Não sei muito sobre o Legião Urbana, mas posso afirmar que as outras duas são conceituadíssimas em todo o mundo, principalmente Os Mutantes, que foram homenageados pelo Barbican Hall em 2006, uma casa de shows londrina considerada o principal centro cultural da Europa!
Esta introdução serve para nos lembrar que ainda sofremos da mente colonizada, onde tudo o que é de fora parece ser melhor, em comparação com que é nacional. A esse sentimento, o dramaturgo Nelson Rodrigues deu o nome de Complexo de Vira Latas. O vídeo abaixo procura esclarecer, aos interessados, este conceito:

 

terça-feira, 10 de junho de 2014

Baião grunge: quando a música brasileira é mais reconhecida por estrangeiros do que por nós mesmos

"O ritmo do baião, por sinal, sendo muito marcado e sem a complexidade da batida do samba, prestava-se admiravelmente para a exportação, pois os bateristas estrangeiros se tornavam capazes de aprender ao menos sua cadência básica, o que até então só acontecera com os pomposos sambas cívicos para grande orquestra, lançados por Ary Barroso a partir da composição 'Aquarela do Brasil', de 1939".  
José Ramos Tinhorão


É comum, entre grande parte da população brasileira, uma valorização extrema de culturas estrangeiras, seja na música, no cinema, ou literatura... Esse tema já foi tratado aqui em postagens mais antigas
Embora seja um fato triste, por outro lado, podemos perceber atitudes que pretendem nos convencer do contrário, nos lembrar da riqueza de nossa cultura e de sua singularidade. É sobre isso que vamos tratar...

Baião Grunge?  

 

O baterista da banda Sound Garden, Matt Cameron, fez questão de homenagear a música brasileira executando o baião, um ritmo típico da região nordeste do Brasil, em uma das faixas do CD King Animal, de 2012.  Confira:
Música: "A thousand days before" - 04

Enquanto isso na mente colonizada... 

 

"- Agora sim. Se um americano admira, deve ser porque é realmente uma coisa boa"... (ironia)


Mattew Cameron (1962) - É um músico conhecido por tocar bateria nas bandas de grunge: Soundgarden de 1986 a 1997, voltando em 2010 até atualmente e no Pearl Jam desde 1998